Pacientes com Lúpus denunciam falta de remédio em farmácia do Estado

A Azatropina não é o único remédio que falta na farmácia, outros pacientes ainda se sentem lesados e dizem que não há previsão de reabastecimento

Os pacientes que fazem tratamento do Lúpus e dependem do medicamento oferecido pela farmácia do Estado denunciaram a falta do remédio há meses. A dona de casa Silvana Claudino dos Santos é um das pessoas que sofre com a falta do medicamento há quatro meses.

Ela explica que há uma semana não consegue se levantar da cama devido a fortes dores causada pela doença. “Eles dizem que só terá em novembro o medicamento e olhe, se ainda tiver. Este mês eu tenho o remédio graças a doações, mas e o mês que vem, como vai ser?”, questiona.

Para tratar do Lúpus, uma doença autoimune que ataca os órgãos do corpo e não tem cura, os pacientes precisam tomar o remédio Azatropina. Uma caixa dele custa em média R$ 170, um valor bem alto para quem precisa de duas caixas por mês. Quando o tratamento é interrompido, ele agrava muito os sintomas e podendo levar até mesmo a morte.

Saúde

Não apenas pacientes com Lúpus estão nesta situação. Durante o tempo em que a equipe da TV Jornal passou gravando a matéria, muitos outros pacientes chegaram para denunciar a falta de outros medicamentos na Farmácia de Pernambuco. Confira:

Resposta

A Assessoria da Secretaria de Saúde do Estado informou que o fornecedor do medicamento Azatropina, usado no tratamento do Lúpus, teve a entrega atrasada e já foi notificado. A equipe de reportagem da TV Jornal perguntou sobre o prazo para a redistribuição do medicamento, mas a resposta enviada para a produção não teve a data estabelecida.

Quanto a Acitretina, medicamento para quem tem a doença conhecida como escama de peixe, a informação é de que a compra está em processo de licitação. Sobre o Tracolimo, usado para quem fez transplantes, a noto diz que ele já está sendo distribuído.

Fonte: https://m.tvjornal.ne10.uol.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *