Jovem de 16 anos diagnosticada com Lúpus está há 50 dias sem medicamentos

Maria Eduarda foi diagnosticada com Lúpus e precisa de medicamento específico para continuar seu tratamento, mas o posto de saúde em que a jovem é atendida está com o remédio em falta

Escrita retirada do Video no Youtube

Lá vem Sérgio com a filha e pelo desânimo hoje mais uma vez a busca pelo medicamento que a jovem tanto precisa não deu certo e a e Sérgio qual foi a resposta tem medicamento novamente não tem já tô desde novembro atrás desse medicamento não consigo ele e mais uma vez negativo Maria Eduarda de 16 anos foi diagnosticada com lúpus há três anos a família é claro sofreu muito com a descoberta ela foi com 13 ano ela começou da uma a perda funcional no na parte renal dela que inclusive esse medicamento é pra isso aí nós levamos ela no médico lúpus é uma doença muito difícil de ser diagnosticada de início aí nós sofremos muito no início é muito duro você ver sua filha tomar a ser 300 chegou a tomar 320 400 remédios mensais aí ele foi baixando aos poucos mas depois de muita orientação médica pesquisa o pai entendeu que apesar de grave sem cura o lúpus em tratamento e o paciente pode ter uma vida normal desde que siga as orientações médicas e que tomei os remédios necessários Maria Eduarda vinha fazendo tudo certinho e se sentindo bem mas de uma hora para outra parou de tomar um dos remédios mais importantes o microfone nolato o remédio que era fornecido pela rede pública de saúde está em falta desde novembro sem previsão de chegar não tem não tem uma data prevista para chegada a resposta foi então em falta em falta felizmente estão em falta maria eduarda está há 50 dias sem tomar o medicamento e já começa a sentir os efeitos de expansão e sem os medicamentos a sentir fraqueza tem dias que dá enjôo também dores nas articulações o medicamento é caro custa em torno de 200 a 400 reais no caso da adolescente que precisa de quatro caixas por mês o tratamento passa de mil reais Sérgio desesperado tirou a filha da escola particular e bancou um mês do remédio mas ele não tem condições de arcar com o tratamento que é fornecida de graça e que foi interrompido sem nenhuma explicação prévia porque ela não pode ficar assim é mas é melhor eu ficar um dia sem com medo que a minha filha perdeu os órgãos gum então o lúpus é uma doença que não tem cura mas a gente consegue o controle com os medicamentos adequados como toda doença crônica uso da medicação tem que ser levado muito a sério tanto por parte de quem uso de medicação como boa parte de quem distribui essa medicação Sérgio sabe disso e por isso pede ajuda a buscar explicação inclusive por telefone ouçam o que a atendente diz sobre a falta do medicamento a gente vai entrar em contato com a secretaria não forneceu a gente a gente não tem como eu falei apesar de nós temos ouvido a explicação da atendente por telefone ao sucesso eu vou acompanhar pai e filha nessa busca mais uma vez pelo medicamento que é tão importante para maria eduarda na fila somos abordados por um funcionário que nos leva até a supervisora da unidade de distribuição cinco minutos depois somos liberados sem a solução essa resposta que eu ouço já um macho que é a décima vez que eu venho aqui hoje é a décima vez em dois meses e isso porque eu venho porque eles pede pra não vi ele pede pra você ligar a especialista em lobos enfática ao dizer que o tratamento não deveria ter sido interrompido desta forma os prejuízos gerados pela falta do remédio podem ser graves e irreversíveis essa medicação ela faz com que a nossa imunidade está reagindo contra o nosso organismo no caso contra os fins que ela fique controlada ela pare de agredir os rins essa finalidade o que esse pai deve fazer para garantir que a saúde da filha não seja prejudicada nem ele sabe o que estava ao alcance foi feito agora só resta esperar correto sem saber quando quando nem como nem onde que vai ter um caso está por enquanto está sem solução olha acabou chegando a informação importante aqui da coordenadoria de assistência farmacêutica informou que o medicamento micofenolato já foi adquirido que no momento aguarda a entrega do fornecedor a previsão é que o fornecimento seja normalizado até a próxima semana.

Fonte : http://recordtv.r7.com/balanco-geral/videos/jovem-de-16-anos-diagnosticada-com-lupus-esta-ha-50-dias-sem-medicamentos-31012019

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *