Bursite pode aparecer em ombro, quadril, cotovelo e joelho: causas e tratamento

Condição bastante comum no Brasil e no mundo, a bursite pode afetar pessoas saudáveis, fisicamente ativas ou sedentárias, não escolhe gênero ou faixa etária. Muitas vezes a bursite pode surgir como consequência de uma tendinite, mas, em alguns casos, pode ser decorrente de traumatismos, infecções, artrite e gota.

Bursite: o que é

Bursite é uma inflamação da bursa (bolsas presentes no aparelho musculoesquelético), que funciona como amortecedores entre ossos, tendões e tecidos musculares, explica Cristiano Zerbini, reumatologista do Hospital Sírio-Libanês.

A bursite aguda, mais comum, normalmente afeta apenas uma região do corpo. Já a bursite crônica, mas grave, pode estar associada a doenças como artrite reumatoide, gota e outras.

A bursite geralmente é causada por movimentos repetitivos e afeta regiões como ombros, quadril, joelhos, tornozelos e cotovelos. A condição provocar dor na região inflamada, que pode ou não ser acompanhada de inchaço, dificultando os movimentos normais do paciente.

Ombro

De acordo com a reumatologista Andrea B. V. Lomonte, do Hospital Sírio-Libanês, a bursite é uma das causas mais comuns de dores nos ombros. A médica explica que, ao longo de muitos anos, os movimentos podem levar à compressão dos tendões e inflamação da bursa, levando à bursite.

Cotovelo

Ficar apoiado sobre os cotovelos durante muito tempo pode resultar em bursite.

Quadril

As lesões no quadril acontecem em decorrência de movimentos repetitivos ou quando exercícios são feitos em superfícies ou com sapatos inadequados. Além disso, questões congênitas como perna mais longa que a outra, alterações na rotação do quadril ou quadril largo podem favorecer o surgimento do problema, explica o fisioterapeuta Alceu Miranda, do Studio Thiago Arias.

Joelho

A realização de um movimento de modo intenso, repetitivo e, principalmente, inadequado deixa o joelho vulnerável a traumas, como a bursite, por exemplo. A situação é comum entre pessoas que correm ou praticam esportes de alto impacto.

Sintomas

Os sintomas de bursite são percebidos na região afetada e podem incluir:

  • Dores
  • Inchaço
  • Vermelhidão
  • Aumento da temperatura na região
  • Dificuldade e limitação para realizar movimentos na área afetada

Tratamentos

De acordo com informações do Hospital 9 de Julho, o tratamento da bursite vai depender do resultado do diagnóstico e pode incluir uso de medicamentos, fisioterapia, prática de atividades físicas e até mesmo cirurgia em alguns casos.

Melhor remédio

O uso de medicamentos costuma ser o primeiro passo para tratar o problema. Uma vez obtido o diagnóstico, o médico pode indicar ao paciente um anti-inflamatório para bursite, assim como relaxantes musculares e analgésicos.

Fisioterapia

O tratamento fisioterápico é indicado para fortalecer músculos afetados pela bursite e para combater dores e prevenir a reincidência da condição.

Compressa de gelo

A aplicação de compressa fria é outro processo indicado para o tratamento inicial de bursite. O recomendável é usar a bolsa de gelo sobre a área afetada durante 5 a 10 minutos, três vezes ao dia.

Infiltração

Em casos mais graves o paciente pode ser orientado a tomar injeções de anti-inflamatórios diretamente na bursa afetada.

Cirurgia

Se nenhuma das opções surtirem efeito, uma cirurgia para retirar a bursa comprometida pode ser a melhor solução. O procedimento, no entanto, é feito em poucos casos.

Tem cura?

A grande maioria dos pacientes responde bem aos tratamentos da bursite, que tende a desaparecer sem resultar em complicações para a saúde.

Bursite x Tendinite: diferenças

Gabriela Rocha Lauretti, chefe da clínica de dor do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP, explica que a tendinite é a inflamação do tendão, enquanto a bursite é a inflamação da bursa. As condições, apesar de muitas vezes serem confundidas, são distintas.

Bursite e tendinite costumam ser confundidas porque tanto seus sintomas quanto suas causas são semelhantes: ambas são resultado de lesões de esforços repetitivos (LER), ou seja, provocadas por atividades realizadas continuamente por um longo período de tempo e que acabam inflamando os tendões ou a bursa. Em alguns casos, a tendinite não tratada pode virar uma bursite.

Fonte:
https://www.vix.com/pt/saude/570910/bursite-pode-aparecer-em-ombro-quadril-cotovelo-e-joelho-causas-e-tratamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *